Skip to main content
Relacionamento entre operadora de planos odontológicos e prestadores de serviço

Relacionamento entre operadora de planos odontológicos e prestadores de serviço

Dentre as muitas maneiras do Cirurgião-Dentista desenvolver suas atividades, há a prestação de serviços por meio de cooperativas e planos odontológicos, utilizadas por empresas em geral para oferecer tratamento de saúde bucal aos funcionários. Além disso, há também a oferta de planos individuais, o que faz com que os próprios pacientes busquem essa alternativa como um meio mais acessível aos cuidados odontológicos.

Contudo, sabe-se que, nem sempre a relação estabelecida entre Cirurgiões-Dentistas e operadoras de planos odontológicos como, por exemplo, tem sido tão saudável assim, isso porque os conflitos ocorrem, por um lado, em razão de glosas imotivadas, descredenciamentos arbitrários, desvalorização de honorários, exigências contratuais que podem interferir na autonomia do profissional ou causar danos à saúde dos pacientes e, por outro lado, por erros profissionais e infração à ética, descumprimento das regras estabelecidas, fraudes entre outros.

É certo que credenciar-se à um convênio ou tornar-se um cooperado pode auxiliar e muito o profissional a aumentar rapidamente sua carteira de pacientes, construindo uma relação de fidelização com esses clientes que, por consequência, passam a indicá-lo a amigos e familiares. Além disso, não havendo restrição contratual, ainda é possível oferecer procedimentos não cobertos pelo plano e realiza-los na modalidade particular.

Com o objetivo de disciplinar o relacionamento entre operadoras odontológicas e os Cirurgiões-Dentistas prestadores de serviços, a Lei Federal nº 13.003/2014 apresentou alterações específicas, tornando, dentre outras medidas, obrigatória a existência de contratos escritos entre as partes, abrangendo a forma de reajuste dos honorários profissionais, a substituição de prestadores de serviços dentre outros aspectos importantes na prestação do serviço odontológico.

Nesse sentido, a Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS publicou algumas resoluções que normatizaram essa lei.

A Resolução Normativa – RN nº 363/2014 estabeleceu regras para celebração dos contratos escritos firmados entre as operadoras de planos de assistência à saúde e os prestadores de serviços de atenção à saúde:

– Todos os aspectos da relação comercial entre operadoras e prestadores devem ser formalizados em contratos escritos;

– Os contratos escritos devem conter cláusulas que determinem os valores dos serviços contratados, os critérios, a forma e a periodicidade do reajuste;

– O valor dos honorários deverá ser acordado entre a operadora e o seu prestador de serviços;

– O contrato deve apresentar prazos e procedimentos para faturamento e pagamento dos serviços prestados, bem como penalidades pelo descumprimento dos acordos estabelecidos;

– A ausência de contrato escrito, de cláusulas contratuais obrigatórias ou cláusulas em desacordo com a legislação submetem as operadoras às penalidades administrativas por parte da Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS.

A Resolução Normativa – RN nº 364/2014 estabeleceu o índice de reajuste pela Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS – a ser aplicado pelas operadoras de planos de assistência à saúde aos seus prestadores de serviços de atenção à saúde em situações específicas.

– Regra geral sobre o reajuste: o índice de reajuste deve estar previsto em contrato, livremente negociado entre as operadoras e prestadores, não se aplicando, nesse caso, o índice de reajuste definido pela ANS;

– Regra específica: caso o contrato preveja apenas livre negociação sem um índice predefinido, a operadora e o prestador de serviços deverão negociar o valor do reajuste nos primeiros 90 dias do ano. Se não houver consenso, deverá ser aplicado o índice de reajuste definido pela ANS, qual seja, 100% do IPCA.

A Resolução Normativa – RN nº 365/2014 estabeleceu regras sobre a substituição de prestadores de serviços de atenção à saúde não hospitalares.

– É facultada a substituição de prestadores de serviços, desde que por outro equivalente e mediante comunicação aos beneficiários com 30 dias de antecedência;

– A informação aos usuários deve ser disponibilizada com antecedência mínima de 30 dias, contados da data da efetiva substituição, e deve permanecer acessível por 180 dias.

Cabe ao Cirurgião-Dentista credenciado estudar adequadamente o seu contrato com a Operadora, para, assim, acompanhar como deve ser o seu reajuste:

Contratos antigos, firmados antes de 12 de dezembro de 2014

– São válidos até 22 de dezembro de 2015, salvo se o término da vigência contratual se der em data anterior à 22 de dezembro de 2015;

– As Operadoras possuem 12 (doze) meses, a partir de 12/12/2014, para adequarem os contratos às novas exigências (contratos escritos, com cláusulas que determinem, em comum acordo, os valores dos serviços contratados, os critérios, a forma (índice) e a periodicidade (prazo) do reajuste. Indicação de prazos e procedimentos para faturamento e pagamento dos serviços prestados, bem como das penalidades pelo descumprimento dos acordos estabelecidos;

– O índice de reajuste a ser aplicado será aquele previsto no contrato ou estabelecido, de comum acordo entre as partes;

– Contratos antigos, firmados antes de 12 de dezembro de 2014, e com término de vigência anterior à 22 de dezembro de 2015

– São válidos até a data estabelecida em contrato;

– A renovação contratual deverá se dar através de contratos escritos, com cláusulas que determinem, em comum acordo, os valores dos serviços contratados, os critérios, a forma (índice) e a periodicidade (prazo) do reajuste. Indicação de prazos e procedimentos para faturamento e pagamento dos serviços prestados, bem como das penalidades pelo descumprimento dos acordos estabelecidos;

– O índice de reajuste a ser aplicado será aquele previsto no contrato ou estabelecido, de comum acordo entre as partes;

– Em caso de livre negociação sem um índice predefinido, a operadora e o prestador deverão negociar o valor do reajuste nos primeiros 90 (noventa) dias do ano. Não havendo consenso sobre o índice de reajuste, aplicar-se-á o índice estabelecido pela ANS (100% do IPCA).

 

Contratos novos, firmados a partir de 12 de dezembro de 2014

– Devem ser escritos e apresentar cláusulas que determinem, em comum acordo, os valores dos serviços contratados, os critérios, a forma (índice) e a periodicidade (prazo) do reajuste. Além disso devem conter prazos e procedimentos para faturamento e pagamento dos serviços prestados, bem como penalidades pelo descumprimento dos acordos estabelecidos;

– O índice de reajuste a ser aplicado será aquele previsto no contrato ou estabelecido, de comum acordo entre as partes;

– Em caso de livre negociação sem um índice predefinido, a operadora e o prestador deverão negociar o valor do reajuste nos primeiros 90 (noventa) dias do ano. Não havendo consenso sobre o índice de reajuste, aplicar-se-á o índice estabelecido pela ANS (100% do IPCA).

Havendo irregularidades, saiba como denunciar:

Portal ANS – www.ans.gov.br

Central de Atendimento a Prestadores: www.ans.gov.br/prestadores/central-de-atendimento-a-prestadores

Recebe denúncias, reclamações, consultas, sugestões, dúvidas, pedido de informações e de reuniões

Portal CROSP – www.crosp.org.br

Infrações Éticas no relacionamento entre Operadoras e Prestadores de Serviços:

www.crosp.org.br/denuncias.html

Recebe denúncias sobre glosas imotivadas, inobservância da legislação da ANS e do Código de Ética sobre os contratos, irregularidade na atuação dos auditores, descredenciamentos imotivados, irregulares ou indevidos, exigências indiscriminadas de Raios-X entre outros.

Texto Roberta Rizzo

Odontologia Digital - Inovação e soluções práticas para tratamentos odontológicos

Odontologia Digital – Inovação e soluções práticas para tratamentos odontológicos

Foi em Orlando, uma das cidades mais famosas da Flórida, nos Estados Unidos,  que aconteceu  o DS World 2018, evento promovido pela Dentsply Sirona, entre os dias 13 e 15 de setembro, no Rosen Shingle Creek Resort, e que proporcionou a quase 4 mil profissionais de Odontologia  uma experiência única de aprendizado  e aprimoramento em conferências científicas com cerca de 100 palestrantes internacionais que apresentaram cases de sucesso e os avanços nos tratamentos com uso de tecnologias digitais.

A convite da Dentsply Sirona, o APCD Jornal foi conhecer os últimos lançamentos da empresa, em diversas áreas da Odontologia, apresentados no congresso incluindo equipamentos em geral para sistemas CAD/CAM (Cerec e inLab), um conjunto completo de soluções para restauração, sistemas de imagem panorâmica e 3D, centros de tratamentos odontológicos e sistemas de higiene e produtos em Ortodontia, Endodontia e Implantodontia.

No evento, aconteceram diversas demonstrações de produtos da empresa como o Elemetrix, avançado software de planejamento; e o SureSmile Aligner, um produto para Cirurgiões-Dentistas, clinicamente comprovado, e um sistema de alinhadores transparentes controlado pelo profissional. Durante o congresso, também foi possível visitar o Universal Dental Group, um consultório odontológico projetado com equipamentos de última geração incluindo a realização de radiografias em 3D (Sirona Galileos Cone Beam), por exemplo, para diagnósticos e tratamentos precisos como cirurgia de implantes.

Lançamento

Na oportunidade, a Dentsply Sirona apresentou uma solução de implante que permite resultados práticos, o Azento. Trata-se da substituição de um único dente, altamente customizado para atender às necessidades e prazos dos Cirurgiões-Dentistas e pacientes, que otimiza o fluxo de trabalho de implantes digitais, agilizando o serviço de planejamento, compra e entrega de implantes. Os Cirurgiões-Dentistas receberão um plano de tratamento digital preciso e personalizado com base nos arquivos digitais de cada paciente, com sistemas de imagens como o Orthophos SL e scanners intraorais, como o Cerec Omnicam, enviados por meio de um portal de gerenciamento de casos.  O Azento possui todos os componentes e instrumentos necessários para concluir um tratamento de implante, incluindo um guia cirúrgico, implante e pilar de cicatrização personalizado, entregues no prazo de cinco dias úteis após a aprovação do plano de tratamento. Isso elimina o esforço de coordenar as compras com vários fornecedores e monitorar o estoque no escritório. “Esta solução simplificada de fluxo de trabalho oferece benefícios financeiros e de economia de tempo, reduzindo as responsabilidades administrativas, número de visitas e tempo de cadeira do paciente”, disse o diretor de Soluções Digitais  para Implantes da Dentsply Sirona, Jo Massoels. A tecnologia estará disponível nos EUA em setembro de 2018, e, na Europa, em 2019. Ainda não tem previsão de chegada ao Brasil, pois depende do tempo de aprovação e registro.

Avanços da Odontologia Digital no Brasil e na América Latina

Durante o evento, o diretor comercial da Dentsply Sirona, Walter Petersohn concedeu uma entrevista ao APCD Jornal para falar sobre os avanços da Odontologia Digital e no mundo. “Somos líderes neste campo, mas também percebemos que só agora está começando a avançar mundialmente. Temos forte capacidade de combinar aspectos tradicionais e mecânicos. São tendências digitais.

Sobre o desempenho da Odontologia na América Latina, Walter conta que já esteve em alguns países da região, por muitas vezes, no Brasil e no México, e nota que é um mercado muito enérgico e amplo, que há uma forte demanda para a área de Estética, como em, provavelmente, nenhuma parte do mundo. “Diria que em toda a América do Sul a educação odontológica com uso de equipamentos digitais está crescendo em termos de importância nas universidades, e isso é muito atraente no momento. Acreditamos que somos os mais fortes em termos de presença física na América Latina, e temos especialistas no Brasil, no México, no Chile, na Argentina, no Peru e na Colômbia. Estamos expandindo, e estou muito feliz com o crescimento, pois isso nos mostra que os clientes apreciam todos os nossos produtos”.

 

Walter Petersohn explica como a Dentsply Sirona pretende continuar crescendo. “Inovação está no DNA da empresa. Todos os anos, lançamos no mercado 30 novos produtos e soluções. Acreditamos que temos um portfólio robusto. Também deixamos muito claro que os clientes são o centro de todos os nossos esforços, e trabalhamos com eles para enxergarmos as possibilidades e então fornecer soluções inovadoras para alcançá-las. Além disso, sempre ouvimos o retorno dos nossos clientes como parte do nosso processo de inovação, e sabemos que eles esperam muito de nós, pois mostramos o quanto eles são importantes parceiros e o quanto sua opinião contribui para que encontremos soluções para suas reais necessidades na prática. E é claro que isso se aplica para os Cirurgiões-Dentistas brasileiros”.

Para finalizar, Petersohn ressalta que gosta muito do Brasil, “estive no país muitas vezes, especificamente, em São Paulo, há dois meses atrás, e aconteça o que acontecer, entre altos e baixos, podem esperar que a Dentsply Sirona sempre investirá no país. A sociedade é muito aberta para a Estética, então qualquer produto nosso é a solução, e, há muitos, que estão ligados à essa demanda. Vemos uma absorção muito forte no campo digital, como o CAD/CAM, na Ortodontia e Implantodontia. Então, o Brasil pode ser orgulhar e saber que apoiamos o país e estamos felizes com as vendas e as aceitações que temos dos Cirurgiões-Dentistas brasileiros. Sem contar que temos também uma equipe muito comprometida, que está sempre envolvida, tentando encontrar soluções”.

Outro destaque do Dentsply Sirona World foi Doris Kearns Goodwin, autora best-seller e vencedora do Prêmio Pulitzer, que fez um discurso sobre a sua experiência em “Liderança em Tempos Turbulentos”. O comediante Jim Gaffigan divertiu os participantes com show de humor. A cantora americana Katy Perry fez um pocket show para animar os congressistas do evento. E no encerramento teve uma celebração da festa tradicional alemã Oktoberfest.

DS World 2019

Em 2019, o DS Wolrd acontecerá entre os dias 3 e 5 de outubro, no Mandalay Bay Hotel, em Las Vegas. É um evento imperdível para quem busca inovação, aprimoramento técnico-científico e entretenimento.

 

Fonte: http://www.apcd.org.br/index.php/noticias/1340/em-foco/29-10-2018/odontologia-digital-inovacao-e-solucoes-praticas-para-tratamentos-odontologicos

Projeto de Lei que beneficia classe odontológica pode ser votado ainda neste ano

O Projeto de Lei Complementar nº 34/2018, de autoria do Governador do Estado, o qual integra a classe de Cirurgiões-Dentistas à mesma legislação que trata da carreira de médicos, pode ser votado ainda neste ano. O documento chegou a ser discutido na última sessão da Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP), no dia 21 de agosto, mas por questões jurídicas precisou ser retirado da pauta e encaminhado para a procuradoria da Casa de Leis.

O presidente da Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas (APCD) e também da Comissão de Ética do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP), Wilson Chediek, acompanhou a sessão, assim como os membros do Grupo de Trabalho (GT) de Cirurgiões-Dentistas Servidores do Estado e profissionais que atuam no setor público.

A expectativa agora é de que os Cirurgiões-Dentistas possam se reunir novamente com parlamentares para dar prosseguimento a reivindicação. “Vamos continuar a nossa jornada, contando com o apoio dos colegas e dos deputados que nos tem amparado na ALESP.”, aponta Lucia Portes, cirurgiã-dentista e membro do GT.

Chediek destaca que o envio do projeto à Assembleia já pode ser considerado um avanço. “Nunca havíamos chegado tão perto de resolver a questão, então acredito que devemos dar um voto de confiança aos parlamentares que têm demonstrado apoio ao projeto”.

De acordo com o parecer da procuradoria da ALESP, a votação do PL, neste momento, deve ser revista por conta da Lei de Responsabilidade Fiscal. Confira aqui o documento na íntegra.

Fonte: CROSP

A importância do prontuário odontológico

A importância do prontuário odontológico

A Odontologia é uma atividade que deve ser exercida em benefício da saúde do ser humano e da coletividade e a relação mantida entre o Cirurgião-Dentista e seu paciente, deve observar regras a serem cumpridas pelas duas partes, para garantir que o tratamento odontológico seja realizado de maneira harmônica e satisfatória.

Para o profissional, o direcionamento disciplinar é dado a partir das normas dispostas no Código de Ética Odontológica. É seu dever zelar pela saúde do paciente e pela dignidade dele – assumindo responsabilidade pelos atos praticados, o que engloba o âmbito ético, civil e criminal -, além de adotar meios eficazes para garantir e preservar a autonomia do paciente, conceito que também está previsto no Código de Defesa do Consumidor.

Essa autonomia é resguardada na medida em que o Cirurgião-Dentista esclarece ao paciente, de maneira clara e objetiva, quais são os propósitos, riscos, custos e alternativas de tratamento possíveis em seu caso, considerando as suas condições clínicas de saúde bucal e geral, bem como suas particularidades biológicas e comportamentais, que podem influenciar diretamente na perspectiva do planejamento de tratamento e de sua conclusão, além dos fatores internos e externos inseridos no contexto dos procedimentos odontológicos.

Durante seu exercício profissional, o Cirurgião-Dentista realiza análises específicas sobre as condições de saúde bucal e geral de cada paciente e suas necessidades, além de estudar e definir qual a técnica e terapêutica mais adequada ao caso, identificando possíveis limitações científicas e limitações biológicas próprias do organismo de cada ser humano. Essas situações podem gerar variáveis, motivo pelo qual os procedimentos odontológicos jamais devem ser tratados como mero produto ou serviço.

Odontologia: uma ciência de meio

O sucesso do tratamento odontológico não depende somente da destreza profissional, de sua precisão técnica, da qualidade dos materiais e dos avanços da ciência, mas também das condições biológicas do paciente, de sua colaboração durante o tratamento, frequência às consultas, responsabilidade com sua higienização bucal, dentre outros fatores que influenciam potencialmente na evolução e conclusão do tratamento. A partir dessa premissa, é plenamente correto afirmar que, em sua essência, a Odontologia é uma ciência de meio e não de resultado.

O atuar do Cirurgião-Dentista visa propiciar o alcance de cura da doença bucal e a aplicação de condutas que possam auxiliar no restabelecimento da adequada e harmônica reabilitação oral, a fim de produzir benefícios à saúde em geral do paciente.

Porém, o resultado esperado pelo paciente nem sempre poderá ser alcançado – embora deva ser considerado e, sempre que possível, buscado. Há o compromisso inequívoco do zelo, do cuidado, do emprego da técnica mais adequada e perícia para alcançar um determinado fim, entretanto, a garantia de um resultado específico, em se tratando de saúde, é algo que não pode ser prometido.

É importante que o Cirurgião-Dentista sempre reserve tempo para informar ao paciente sobre os objetivos, alternativas e riscos do tratamento odontológico, cujo início ou sequência se dará mediante o consentimento livre e esclarecido do próprio.

O papel do prontuário odontológico

Como em toda profissão, cabe também ao Cirurgião-Dentista analisar e adotar medidas de segurança para o seu exercício profissional. O prontuário odontológico, nesse universo, é seu grande aliado. A elaboração do prontuário está determinada no Código de Ética Odontológica como um dever de todo aquele que presta assistência odontológica, seja pessoa física ou jurídica.

Um prontuário bem elaborado, contendo informações sobre as condições de saúde do paciente – sua queixa principal -, a avaliação clínica e o resultado dos exames complementares, um diagnóstico bem fundamentado e o planejamento de tratamento com indicação dos propósitos, riscos, custos e alternativas de tratamento – além da comprovação de ciência sobre recomendações técnicas necessárias à boa condução do caso (termo de consentimento livre e esclarecido), comprometimento e responsabilidade do paciente, frequência às consultas, colaboração e seguimento das orientações profissionais, indicação expressa de eventuais intercorrências e apresentação de novo planejamento terapêutico, quando for o caso -, são documentos de máximo valor na atividade do Cirurgião-Dentista.
Isso porque esse material será capaz de retratar toda a vida do paciente perante o acompanhamento profissional, o que contribui para a segurança técnica e jurídica da relação Cirurgião-Dentista e paciente.

Anamnese: histórico que previne

A elaboração da anamnese deve ser a primeira conduta a ser adotada em um atendimento odontológico, pois é através dela que conheceremos o paciente que será ou não submetido ao tratamento. Sua realização é inegociável, não se tratando de mera liberalidade ou faculdade do Cirurgião-Dentista.

Durante o tratamento, convém que o Cirurgião-Dentista converse com o paciente para saber se houve alguma alteração clínica, uso de medicamentos ou outros fatores que possam modificar as informações apresentadas na anamnese inicial. Esse documento deve ser assinado pelo paciente ou por seu responsável legal, o que contribuirá para minimizar riscos de intercorrências e potencializar o êxito do tratamento.

Consentimento livre e esclarecido

Oferecer ao paciente o termo de consentimento livre e esclarecido é uma conduta que poderá evitar ou minimizar inúmeros conflitos, mesmo quando há uma relação já harmoniosa entre as partes. A informação é o princípio básico para que o paciente possa fazer suas escolhas de modo consciente, por isso, sempre deve haver o fortalecimento de vínculos de confiança, boa-fé mútua e respeito.

Consentimento livre e esclarecido é um termo jurídico, mas que se aplica à Odontologia para validar a execução de qualquer ato odontológico, exceto nos casos de iminente perigo de vida, quando é dispensável diante da emergência ou urgência do caso.

Normalmente, os pacientes são capazes de compreender a informação fornecida pelo Cirurgião-Dentista, correspondendo às suas expectativas. Contudo, esse termo de ciência não deve conter informações técnicas e, se houver, deverá apresentar dados compreensíveis, a ponto de esclarecer ao paciente os objetivos e riscos do tratamento ao qual será submetido, assim como o quanto sua colaboração é importante para o mais adequado fluxo dos procedimentos.

Importante compreender que, o paciente possui o direito de não ser tratado. Sob essa ótica, caberá ao Cirurgião-Dentista esclarecer sobre os riscos que ele correrá caso não se submeta ao tratamento odontológico necessário, seja ele um tratamento de urgência, emergência ou eletivo, cirúrgico ou não.

A quem pertence o prontuário

O prontuário é um documento odontológico que detém informações do paciente e todo conhecimento do profissional. De acordo com o Código de Ética, o prontuário deve ser mantido no arquivo do profissional e garantido acesso e cópia ao paciente, sempre que solicitado. Quando o paciente arcar com os custos de exames complementares, terá direito de manter em sua posse os documentos originais. Entretanto, a cópia dos documentos deverá ser mantida nos arquivos do Cirurgião-Dentista.

Tempo de guarda

Em razão do prazo estipulado no Código de Defesa do Consumidor (Art. 27) quanto à prescrição para o ajuizamento de ação que tenha como pretensão a reparação de danos eventualmente causados em decorrência de tratamento odontológico, o procedimento mais adequado é que o prontuário odontológico seja guardado ao longo de toda a vida do Cirurgião-Dentista.

Font: http://www.apcd.org.br/index.php/noticias/1241/em-foco/23-05-2018/a-importancia-do-prontuario-odontologico

OMS recomenda uso de medicamento para tratar parasitas intestinais

OMS recomenda uso de medicamento para tratar parasitas intestinais

Programas periódicos de desparasitação são recomendáveis para reduzir drasticamente problemas de saúde pública causados por vermes intestinais e parasitas, diz a Organização Mundial de Saúde em informe divulgado em setembro deste ano.

A recomendação da desparasitação foi aprovada pelo Comitê de Revisão das Diretivas da entidade. O tratamento, em que geralmente basta um único comprimido, pode proteger 1.5 bilhão de pessoas atualmente em risco, afirma a OMS.

Segundo a OMS, quatro espécies principais de vermes intestinais afetam quase um quarto das pessoas mais pobres no mundo. “Eles [os parasitas] são um grande problema de saúde pública porque os vermes interferem na capacidade das pessoas de absorver nutrientes, impedindo o crescimento e o desenvolvimento físico de milhões de crianças”, relata a entidade.

Programa mundial

Os programas de desparasitação em larga escala são facilitados pela OMS, que utiliza medicamentos doados da indústria farmacêutica. Eles são distribuídos gratuitamente em programas nacionais de controle de doenças. Também é realizado programas em parcerias com escolas. “Há um consenso global baseado em evidências de que a desparasitação periódica em grande escala é a melhor maneira de reduzir o sofrimento causado por vermes intestinais”, diz Dirk Engels, diretor do Departamento de Doenças Tropicais Negligenciadas da OMS, em nota da entidade.

A OMS pretende eliminar os danos causados pelas infecções de vermes em crianças até 2020, tratando regularmente pelo menos 75% dos 873 milhões de crianças estimadas em áreas onde a prevalência é alta.

Para a entidade, no entanto, o tratamento não é a única solução. Também a higiene básica, o saneamento, a educação para a saúde e o acesso à água potável são fundamentais para resolver problemas de saúde causados por vermes.

Em 2015, apenas 39% da população global tinha acesso a saneamento seguro, diz a OMS.

Fonte: G1

Plano de Saúde da SulAmérica pela APCD

Plano de Saúde da SulAmérica pela APCD

O Plano de Saúde da SulAmérica pela APCD é um plano coletivo por adesão fruto da parceria entre a SulAmérica e a APCD – Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas. É um plano de saúde exclusivo para o Dentista e por ser um plano coletivo por adesão os valores são em média até 40% mais baratos que um plano de saúde individual ou familiar por exemplo.

O Plano de Saúde para Dentista SulAmérica APCD conta com reembolso e rede referenciada nacional. Além de extensa rede referenciada, o plano oferece vantagens, benefícios e descontos.

Plano de Saúde da SulAmérica pela APCD: Quem é a APCD?

A APCD – Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas é uma entidade de classe criada em 1º de abril de 1911 devido a necessidade de regulamentação da profissão do Cirurgiaõ-Dentista. Hoje com mais de 105 anos conta com mais de 40 mil associados e 89 Regionais em todo o Estado de São Paulo.

Por ser uma entidade de classe, a APCD pode negociar um plano coletivo por adesão juntamente com a SulAmérica, criando assim o SulAmérica APCD.

Plano de Saúde da SulAmérica pela APCD: Sobre a SulAmérica

A SulAmérica é uma das mais antigas operadoras de planos de saúde do Brasil, criada em 5 de dezembro de 1895 com o nome de Sul América Companhia Nacional de Seguros de Vida.

Hoje com mais de 120 anos de atuação a SulAmérica é o maior grupo segurador independente do Brasil com mais de 7 milhões de clientes tendo como base relação transparente, ética e comprometida com a sustentabilidade.

Plano de Saúde da SulAmérica pela APCD: Sobre a Rede Referenciada

A SulAmérica mantém um criterioso processo de referenciamento, garantindo assim excelência na em qualidade. Hoje a SulAmérica conta com 22 mil referenciados entre eles:

  • 16 mil clínicas e consultórios;
  • 2.700 centros diagnósticos;
  • 1.400 hospitais.

 Você Dentista poderá contar com toda essa estrutura ao contratar o plano SulAmérica APCD.

Plano de Saúde da SulAmérica pela APCD: Descontos e Benefícios

Benefícios

Serviços prestados no Brasil e exterior

  • Remoção médica do segurado;
  • Retorno de acompanhantes;
  • Acompanhante em caso de hospitalização do segurado, por período superior a cinco dias;
  • Hospedagem do acompanhante por até cinco diárias;
  • Prolongamento da estada do segurado;
  • Remoção em caso de falecimento do segurado;
  • Retorno antecipado do segurado ao seu domicílio;
  • Auxílio em caso de bagagem extraviada;
  • Motorista substituto no Brasil;
  • Reembolso de tarifa por passagem perdida.

Aconselhamento Médico Telefônico

Conte com profissionais 24 horas por dia, para orientação por telefone em questões como:

  • Orientação em situações de emergência;
  • Alimentação;
  • Qualidade de vida;
  • Cuidados pessoais;
  • Vacinação;
  • Dosagem de medicamentos;
  • Medidas preventivas;
  • Sintomas e a especialidade a ser consultada;
  • Entre outros.

Descontos

  • Medicamentos;
  • Dermocosméticos;
  • Vacinas;
  • Materiais hospitalares;
  • Spa;
  • Academias e outros.

Avaliação do Plano Médico SulAmérica na ANS

A ANS (Agencia Nacional de Saúde) é o órgão regulador de todas as operadoras de planos de saúde.

A SulAmérica está registrada sobre o número de registro 00624-6. Com esse número você pode entrar no site da ANS e verificar todas as informações da operadora.

As notas de desempenho da ANS variam de 0 à 1 e levam em consideração os seguintes critérios de avaliação:

  • IDGA – Garantia de Acesso
  • IDGR – Gestão de Processos e Regulação
  • IDQS – Qualidade em Atenção à Saúde
  • IDSM – Sustentabilidade no Mercado

Com todos esses critérios analisados a Nota Geral do Plano de Saúde SulAmérica é: 0.8118

Plano de Saúde SulAmérica no Reclame Aqui

O Reclame Aqui é o site mais usado no Brasil para fazer reclamações de empresas, quando os métodos convencionais de atendimento não resolvem o problema. Antes de contratar qualquer serviço, verificar a empresa no Reclame Aqui é uma ótima ideia.

É importante ressaltar que problemas sempre existirão em todas as empresas que prestam serviços, o que realmente importa é a habilidade da empresa em atender, ouvir e resolver os problemas apresentados por seus clientes.

O Plano de Saúde SulAmérica possui no Reclame Aqui uma avaliação BOM com os seguintes números:

  • 1648 reclamações efetuadas
  • 1643 reclamações respondidas
  • 99,7% de reclamações atendidas
  • Índice de solução de 78,6%

Tabela e Rede Credenciada do Plano de Saúde SulAmérica APCD

A SulAmérica disponibiliza uma tabela com valores por faixa etárias, rede credenciada e todas as informações de seus planos. Você pode acessar essa tabela clicando aqui.

Sabemos que muitos termos podem ser desconhecidos ou complicados, entre em contato conosco, teremos prazer em te atender.


Faça uma Cotação sem Compromisso


Convênio Bradesco APCD

Convênio Bradesco APCD

A contratação com desconto do Convênio Bradesco APCD é um benefício oferecido para os Dentistas devidamente inscritos na APCD. Por ser um plano de saúde coletivo por adesão comercializado exclusivamente para entidades de classe e sindicatos, chega a ser até 40% mais em conta que um plano de saúde individual/familiar convencional.

É importante ressaltar a operadora Bradesco Saúde, que oferece mais que um plano de saúde convencional, e sim, um Seguro Saúde. Isso significa que além do segurado contar com uma rede referenciada com milhares de consultórios, clínicas, laboratórios e hospitais também poderá escolher o seu próprio prestador de serviço que será reembolsado depois.

Convênio Bradesco APCD: Conheça o Bradesco Seguros

Primeiramente é importante destacar que a Bradesco Seguros é lider de mercado no Brasil e na América latina. Possui produtos não apenas na saúde, mas também, como vida, auto, previdência e muitos outros. Os segurados contam uma moderna estrutura de atendimento, formada por centrais de atendimento telefônico, canais digitais e via internet, além de dependências próprias, corretores ativos e uma rede de Agências do Banco Bradesco.

Falando especificamente da Bradesco Saúde, foi criada em 1984 e possui planos de saúde e planos odontológico de alta qualidade e com ampla rede referenciada. Com cerca de 4 milhões de segurados, foi eleita uma das cinco melhores operadoras do mercado.

Convênio Bradesco APCD: Diferenciais

  • Rede Referenciada com milhares de consultórios, clínicas, laboratórios e hospitais
  • Livre escolha de Prestadores
  • Programa Meu Doutor
  • Desconto Farmácia
  • Segunda Opinião Médica

Convênio Bradesco APCD: Benefícios Exclusivos

Existem diversos benefícios exclusivos na área de saúde da operadora de convênio Bradesco disponível para o plano de saúde  entre eles:

  • Até 50% de desconto em academias;
  • Até 10% de desconto na compra de bicicletas;
  • Até 20% de desconto em serviços de Spa;
  • Até 50% de desconto em pilates;
  • Até 20% de desconto em óticas;
  • Até 50% de desconto em locação de automóveis;
  • Até 60% de desconto em ingressos;
  • Até 50% de desconto em escolas de músicas;
  • Até 12% de desconto em pacotes de viajem nacional e internacional;
  • Condições especiais de pagamento em Paintball;
  • Entre outros serviços.

Avaliação do Convênio Bradesco na ANS

A ANS (Agencia Nacional de Saúde) é o órgão regulador de todas as operadoras de planos de saúde. A Bradesco Saúde está registrada sobre o número 005711. Com esse número você pode entrar no site da ANS e verificar todas as informações da operadora.

As notas de desempenho da ANS variam de 0 à 1 e levam em consideração os seguintes critérios de avaliação:

  • IDGA – Garantia de Acesso
  • IDGR – Gestão de Processos e Regulação
  • IDQS – Qualidade em Atenção à Saúde
  • IDSM – Sustentabilidade no Mercado0

Com todos esses critérios analisados a Nota Geral do Plano de Saúde Bradesco é: 0,8820

O Plano de Saúde da Bradesco Saúde APCD, possuiu uma ótima avaliação perante a ANS.

Convênio Bradesco Saúde no Reclame Aqui

O Reclame Aqui é o site mais usado no Brasil para fazer reclamações de empresas, quando os métodos convencionais de atendimento não resolvem o problema. Antes de contratar qualquer serviço, verificar a empresa no Reclame Aqui é uma ótima ideia.

É importante ressaltar que problemas sempre existirão em todas as empresas que prestam serviços, o que realmente importa é a habilidade da empresa em atender, ouvir e resolver os problemas apresentados por seus clientes.

O Plano de Saúde Bradesco possui no Reclame Aqui uma avaliação BOM com os seguintes números:

  • 6245 reclamações efetuadas;
  • 6228 reclamações respondidas;
  • 99.7% de reclamações atendidas;
  • Índice de solução de 80.5%.

Tabela e Rede Credenciada do Convênio Bradesco APCD

A Bradesco Saúde disponibiliza uma tabela com valores por faixa etárias, rede credenciada e todas as informações de seus planos. Você pode Acessar essa Tabela Clicando Aqui.

Sabemos que muitos termos podem ser desconhecidos ou complicados, entre em contato conosco, teremos prazer em te atender.


Faça uma Cotação sem Compromisso


Convênio Médico Unimed APCD

Convênio Médico Unimed APCD

O Convênio Médico Unimed APCD é um benefícios para Dentistas inscritos na APCD. É um plano de saúde coletivo por adesão comercializado especificamente para entidades de classe. A APCD negocio beneficio exclusivo com a Unimed por um valor 40% menor que um plano de saúde individual /familiar convencional.

Convênio Médico Unimed APCD: Sobre a Unimed

Em 2016 a Unimed recebeu o Prêmio Marca Brasil em duas categorias: Melhor Plano de Saúde, na categoria Setor de Segurança e Saúde no Trabalho; e o prêmio especial Top Max Marca Brasil, entregue para as empresas que se mantiveram na liderança por, no mínimo, oito anos.

Desde sua criação a Unimed vem inovando e se orgulha de cuidar das pessoas com leveza, proximidade e alegria. Incentiva a busca pelo bem-estar e acredita na prevenção como promoção da saúde. Investe na valorização dos médicos e pratica uma medicina humana, ampla e preventiva.

Convênio Médico Unimed APCD: Números da Unimed

Os números não mentem e mostram que você, pode contar com a Unimed, confira:

  • 348 Cooperativas
  • 114 mil médicos cooperados
  • 2.719 hospitais credenciados
  • 113 hospitais próprios

Convênio Médico Unimed APCD: Diferenciais

O Convênio Médico Unimed APCD possui excelentes diferenciais para seus segurados, confira:

  • Atendimento nacional
  • Trabalho embasado em protocolos e procedimentos técnicos desenvolvidos no Sistema Unimed
  • Várias opções de laboratórios e clínicas, com rede credenciada de alto nível e disponível em várias regiões
  • Excelente relação custo-benefício

NAIS – Programas de Atenção Integral à Saúde

Um novidade da Unimed é o NASI – Programas de Atenção Integral à Saúde onde os clientes contam com ações à saúde, com foco em promoção da sáude e prevenção de doenças. Conta também com intervenções sobre os fatores de risco para o desenvolvimento das doenças crônicas, tais como sedentarismo, hábito alimentar inadequado, consumo nocivo do álcool, estresse, sono inadequado e tabagismo.

Avaliação do Unimed na ANS

A ANS (Agencia Nacional de Saúde) é o órgão regulador de todas as operadoras de planos de saúde.

A Notredame Intermédica está registrada sobre o número de registro 416801. Com esse número você pode entrar no site da ANS e verificar todas as informações da operadora.

As notas de desempenho da ANS variam de 0 à 1 e levam em consideração os seguintes critérios de avaliação:

  • IDGA – Garantia de Acesso
  • IDGR – Gestão de Processos e Regulação
  • IDQS – Qualidade em Atenção à Saúde
  • IDSM – Sustentabilidade no Mercado

Com todos esses critérios analisados a Nota Geral do Plano de Saúde Unimed é 0.8484

Quem pode Aderir ao Convênio Médico Unimed APCD

O Profissional Dentista e Cirurgão-Dentista deve estar devidamente inscrito e estar em dia com a tesouraria da APCD. Dessa forma terá acesso ao Plano de Saúde Coletivo por Adesão com valores reduzido e poderá incluir mais dependentes, desde que sejam:

  • Cônjuges;
  • Companheiro(a);
  • Filhos(as), adotivos ou não e enteados;
  • O menor que, por determinação judicial se encontre sob a guarda e responsabilidade do beneficiário titular ou sob sua tutela;
  • Filhos de qualquer idade comprovadamente incapazes.

Faça uma Cotação sem Compromisso


Tipos de Planos de Saúde

Tipos de Planos de Saúde

Quando falamos em tipos de planos de saúde na verdade estamos nos referindo as formas de contratações de um plano de saúde.

O Plano de Saúde é um serviço de assistência média e hospitalar que possui formas de contratações diferentes e para cada tipo existe uma regularização com leis específicas fiscalizadas pela Agência Nacional de saúde (ANS).

Basicamente as formas de contratações de um plano de saúde são divididas em duas Planos de Saúde Individual / Familiar e os Planos de Saúde Coletivos.

Tipos de Planos de Saúde: Plano de Saúde Individual / Familiar

O Plano de Saúde Individual ou o Plano de Saúde Familiar são formas de contratações disponibilizadas para pessoas físicas. Essas formas de contratações tem o foco em atender um integrante com ou sem dependentes. São vendidos por uma gama de operadoras que podem ou são ser representadas por corretores ou corretoras de planos de saúde.

Para uma boa contratação, antes de fechar um contrato de um Plano de Saúde do tipo Individual ou Familiar é interessante ter em mente algumas respostas, para as questões abaixo:

  • Você tem ou pretende ter filhos?
  • Alguém na sua família tem algum problema crônico de saúde?
  • Em caso de internação você ou seus dependentes preferem um quarto particular ou pode ser em enfermaria?
  • Você e sua família querem atendimento odontológico pelo plano?
  • Em caso de viagem, você e seus familiares querem que o plano te atenda em todo o Brasil ou apenas na cidade que vocês moram?
  • Você prefere pagar um valor fixo todo o mês ou prefere pagar um valor menor mensal e se programar para pagar mais quando precisar usar mais serviços do plano de saúde?
  • Reflita em quanto do seu orçamento você poderá destinar para o plano de saúde sem prejudicar suas contas mensais.

Essas perguntas são de extrema importância, pois irá influenciar diretamente no valor final do seu plano de saúde e oi mais importante, na hora que você e sua familiar precisar você saberá exatamente o que o plano lhe proporcionará.

Tipos de Planos de Saúde: Planos de Saúde Coletivos

Os Planos de Saúde Coletivos são comercializados apenas para pessoas jurídicas e possuem duas subcategorias que são: os Plano de Saúde Empresariais e os Planos de Saúde Coletivos por Adesão.

Plano de Saúde Empresarial

O Plano de Saúde Empresarial é vendido para pessoas jurídicas com a função de prestar assistência médica e hospitalar aos colaboradores da empresa contratante.

Na sua maioria as operadoras de planos de saúde apenas vendem esse plano para empresas com 03 vidas ou mais. Porém, existem operadoras que estão permitindo a comercialização para pessoas jurídicas que tenham apenas 02 vidas sendo o titular + 1 dependente.

Plano de Saúde Coletivos por Adesão

Essas duas subcategorias têm em comum a venda para pessoas jurídicas e muitas vezes podem confundir um pouco. A grande diferença entre elas é que o Plano de Saúde Coletivo por Adesão é comercializado diretamente para pessoas jurídicas de caráter profissional, classista ou setorial, como conselhos, sindicatos e associações profissionais.

Um exemplo de pessoa jurídica de caráter profissional são sindicatos como a APCD – Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas.

É importante ressaltar que tanto uma contratação de um Plano de Saúde Empresarial quanto a contratação de um Plano de Saúde Coletivo por Adesão possuem valores expressivamente menos que uma contratação de um Plano de Saúde Individual / Familiar.

Preço do Plano de Saúde APCD para Dentistas

O preço do Plano de Saúde APCD para Dentistas é mais barato. Você que é dentista associado a APCD pode usufruir de diversos benefícios, além de um plano de saúde de qualidade.

A APCD em parceria com operadoras disponibiliza um plano de saúde com valores até 40% mais em conta.  As operadoras disponíveis são:

  1. Amil
  2. SulAmérica Saúde
  3. Bradesco Saúde
  4. Notredame Intermédica
  5. Unimed
  6. One Health

Sempre procure um Correto de Plano de Saúde

Um corretor é um profissional treinado com conhecimento sobre leis e as operadoras e seus planos. Dessa forma um Corretor poderá lhe ajudar a escolher o melhor plano de saúde considerando sempre o custo x benefício.


Faça uma Cotação sem Compromisso