Skip to main content

“Esperamos ter a vacina em outubro para milhões de pessoas”, diz Pfizer

Em entrevista exclusiva à Veja Online, Mikael Dolsten, líder científico da Pfizer, fala sobre os planos ambiciosos da empresa para controlar a pandemia de coronavírus

A aprovação de uma vacina eficaz contra o novo coronavírus é certamente o anúncio mais esperado do ano. A boa notícia é que cada dia que passa, estamos mais perto disso acontecer. Em movimento inédito na história da ciência, seis meses após o início da pandemia, 136 opções de imunizantes estão em desenvolvimento. Entre elas, dez já estão na fase de testes clínicos em humanos. Na edição desta semana, VEJA se debruça sobre essas pesquisas, inclusive sobre a inclusão do Brasil na fase mais avançada e mais importante de estudos clínicos sobre imunizantes, que busca comprovar sua eficácia.

Nessa busca, VEJA ouviu líderes e especialistas de empresas e instituições de pesquisa que estão à frente destes esforços avançados. Um destes especialistas é Mikael Dolsten, líder científico e presidente mundial de pesquisa, desenvolvimento e medicina da gigante farmacêutica americana Pfizer. Em estratégia única, ambiciosa e inovadora, a Pfizer já iniciou a fase de testes em humanos de não apenas uma, mas de quatro opções de vacina, na expectativa de escolher a mais segura e eficaz. Todas foram desenvolvidas em parceria com a BioNTech, empresa alemã de biotecnologia, e usa a inovadora técnica de mRNA, ou RNA mensageiro.

A empresa está entre os cinco projetos selecionados pelo programa Operation Warp Speed do governo dos EUA para receber bilhões de dólares em financiamento e apoio federal antes mesmo de haver provas de que as vacinas funcionam. Além da vacina, a Pfizer também está dedicada em encontrar tratamentos eficazes contra a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, e não poupa esforços nem investimentos nesta empreitada.

Saiba logo no início da manhã as notícias mais importantes sobre a pandemia do coronavirus e seus desdobramentos. Inscreva-se aqui para receber a nossa newsletter

A previsão é gastar até 1 bilhões de dólares (cerca de 5 bilhões de reais) ainda este ano para desenvolver e fabricar uma potencial vacina. Mesmo antes de saber se uma de suas opções de vacina irá funcionar, a empresa já começou a preparar a linha de produção. Apenas nas fábricas e na compra de matéria-prima, o investimento foi de 250 milhões de dólares. Além disso, a empresa garantiu que o retorno do investimento não desempenhará um papel em seus esforços contra a Covid-19.

Abaixo você confere a íntegra da entrevista exclusiva realizada por VEJA, por telefone, com Dolsten, que é médico e doutor em imunologia tumoral pela Universidade de Lund, na Suécia. Mikael fala sobre o programa Lighspeed, que conseguiu desenvolver diversas opções de imunizante contra o novo coronavírus em tempo recorde. Ele conta também como a empresa pretende cumprir seu objetivo ambicioso de entregar milhões de doses da vacina, caso ela seja aprovada, em outubro.

Quando a vacina da Pfizer estará disponível? Começamos a trabalhar na vacina no início de março, mas já tínhamos algum planejamento no final de fevereiro e eu estou muito orgulhoso de termos iniciado os estudos clínicos há algumas semanas [os estudos clínicos do imunizante da Pfizer começaram no início de maio, nos EUA]. Esperamos, se tudo ocorrer bem nos estudos clínicos e com as conversas com os órgãos reguladores, ter  vacina já disponível em outubro para milhares de pessoas e gradualmente aumentar a quantidade até chegar a 2021 com centenas de milhões de doses. Então é uma linha de tempo muito rápida. Nós chamamos essa linha de produção de Lightspeed (em tradução livre, Velocidade da Luz).

Como foi possível esse tempo tão curto? Há dois anos nós trabalhamos com uma empresa alemã de biotecnologia, a BioNTech, que está usando essa nova, rápida e flexível tecnologia de vacinas chamada mRNA. Quando os casos de Covid-19 se espalharam pelo mundo, pensamos que essa nova tecnologia seria realmente útil para a ameaça global. Esse foi um passo importante para reduzir o tempo. Temos também uma rede de fabricação tremendamente experiente, com polos e colegas na área de terapias biológicas com instalações em todo o mundo para colocar isso em prática. Evidente que tudo isso só será possível, repito, com bons resultados e apoio regulatório. Mas estou otimista dada a nossa experiência e resultados iniciais que têm sido encorajadores.

Já houve um prazo tão curto assim no desenvolvimento de uma vacina? Nunca vimos algo parecido com o que estamos presenciando nos últimos cinco meses. Tantos cientistas, no mundo todo, trabalhando juntos. Temos hoje cerca de 10 opções mais promissoras de vacinas, 20 diferentes anticorpos monoclonais, provavelmente uns dez antivirais e muitos imunomoduladores. Então estamos falando de um pipeline [produtos que as empresas farmacêuticas ou de biotecnologia têm em processo de desenvolvimento e teste] de 60 projetos mais avançados, e muitos outros menos maduros, em tão pouco tempo.

Como será a distribuição da vacina? Ajustaremos a distribuição às necessidades em tempo real. Lutaremos para distribuir a vacina nas partes do mundo mais afetadas e onde houver mais risco para a sociedade e mais pacientes de risco. Temos uma organização de distribuição em todos os principais continentes e em centenas de países diferentes. Dessa forma podemos rapidamente trabalhar com agências reguladoras e organizações de saúde e elaborar planos de distribuição.

Pode-se dizer, então, que no Brasil, a vacina estará disponível até o início do próximo ano? Sim, provavelmente é uma boa estimativa. O Brasil foi fortemente atingido pela pandemia. Eu sinto muito pela população nesta situação e certamente esperamos que nossa vacina e outras opções terapêuticas possam ser usadas no país.

Alguns especialistas alertaram que esperar uma vacina aprovada em apenas 18 meses é excessivamente otimista. O prazo da Pfizer é ainda mais curto. Como o senhor pretende colocar isso em prática? Creio que muitos especialistas que disseram isso trabalham em universidades ou são consultores que nunca estiveram envolvidos no processo de desenvolvimento de vacinas, como nós na Pfizer e em outras empresas que entregam vacinas para o mundo todo. Como já falei, usamos uma nova tecnologia muito mais rápida que a tecnologia tradicional. Número dois: colocamos em movimento recursos, em uma escala que nunca usamos antes. E é claro que há um objetivo ambicioso incluído. Você sabe, se você voar alto, talvez atinja a meta. Você se estica e consegue alcançá-la. É uma questão de desafiar nossos dogmas e maneiras de fazer e convidar outras pessoas para acompanhá-lo neste programa em velocidade da luz. E até agora, acho que é realmente possível, se os dados que geramos continuarem sendo encorajadores.

Quais pessoas poderão receber a vacina? Começamos os estudos com adultos de 18 a 55 anos e depois passamos para pessoas mais velhas porque sabemos que são os que ficam mais doentes e são mais vulneráveis à Covid-19. Pretendemos ter uma cobertura inicial para adultos de 18 a 85 anos, portanto. Em seguida, procuraremos oportunidades para imunizar crianças e adolescentes.

Uma vacina é de fato mais importante que um remédio nessa pandemia? Não gosto de rankings. Acho que são diferentes propósitos. Uma vacina é importante para poder abrir a sociedade de maneira mais segura. É crucial para que possamos voltar a uma vida normal. Os tratamentos são necessários para os pacientes que já estão doentes e para os quais a vacina é tarde demais. Além disso, sempre haverá pacientes que não foram vacinados ou que não responderam à vacinação. Mas leva tempo para lançar uma vacina para muitos bilhões de pessoas. Então, precisamos de tratamentos para as pessoas que estão morrendo agora. Eu diria que a vacina e os antivirais são os que têm maior chance de reverter e proteger, para que não precisemos de tratamentos em estágio final. Nós mesmos estamos analisando tratamentos como antivirais, imunomoduladores e anticoagulantes que podem ajudar rapidamente esses pacientes. Estamos entre os únicos com essa ampla abordagem, protegendo aqueles que não estão infectados, tratando com antiviral aqueles que estão no início da infecção e tentar normalizar as funções no sistema imunológico daqueles que estão avançando para um quadro grave para reduzir o risco de vida e o prolongamento da estadia no hospital. Mas tudo isso precisa estar alinhado com as medidas de saúde pública como o distanciamento social, controlar cuidadosamente como as pessoas se comportam e garantir que todos estejam cientes de como o vírus se espalha e de agir contra isso. E sempre que alguém estiver infectado, localizar essa pessoa, testar o ambiente à sua volta e isola-la. Então é um conjunto de medidas de saúde pública, vacinas e terapias. Não é um desafio fácil, mas às vezes ganhamos. Esta é a maior pandemia em cem anos. Mas estou convencido de que dezenas de milhares de cientistas em todo o mundo conseguirão encontrar a solução. E tenho muito orgulho de estar entre os pioneiros que trabalham com a Pfizer.

Em que fase estão os testes com remédios? Os testes com antivirais, que atuam diretamente no vírus, provavelmente começarão em agosto. O foco inicial, como eu disse, será tratar aqueles que estão no hospital e em seguida teremos um segundo composto para tratar aqueles que ainda não estão no hospital, mas que têm febre em casa, correm o risco de piorar e precisar de cuidados hospitalares. Mas isso, acho que só em junho de 2021. Serão dois tipos de tratamento. Naqueles que estão no hospital é uma infusão e nos pacientes em casa seria um comprimido. Além disso, planejamos iniciar testes para os doentes mais graves com imunomoduladores e anticoagulantes e assim tentar impedir a progressão da doença.

Fontes:

APCD solicita que profissionais de Odontologia tenham aumento adicional de insalubridade

A APCD, a ABCD, o CROSP e a ABO-SP solicitaram, por meio de ofício enviado à deputada estadual Analice Fernandes, autora do Projeto de Lei 006/2020, a inclusão de Cirurgiões-Dentistas, técnicos e auxiliares em saúde bucal que estejam envolvidos diretamente no atendimento e no tratamento dos pacientes portadores do COVID-19, no rol de profissionais de saúde que terão o aumento de 100% no adicional de insalubridade, conforme prevê o PL.

As entidades destacam que os profissionais de Odontologia que laboram no serviço público também são profissionais da saúde, e também atuam na linha de frente no combate à COVID-19. Conforme decreto do governado de São Paulo, João Dória, não há restrição no atendimento odontológico, que está incluído nos serviços essenciais à população.

Confira aqui o ofício enviado.

APCD de Bebedouro

APCD de Bebedouro

A APCD de Bebedouro uma das regionais da APCD – Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas. São 89 regionais distribuídas por todo o estado de São Paulo. Com sua sede localizada Santana na capital de São Paulo a APCD atende a mais de 40 mil associados. Com 105 anos de idade ocupa lugar de destaque no cenário da Odontologia mundial.

APCD de Bebedouro: Sobre Bebedouro

Bebedouro é um município brasileiro do estado de São Paulo. Situada na região Norte do estado de São Paulo, faz parte da microrregião da Serra de Jaboticabal e da mesorregião de Ribeirão Preto. A origem do nome do município é devido a um córrego chamado “Bebedor”, que, no século XIX, era pousada para tropeiros e peões de boiadeiro.

Em 2014 a cidade de Bebedouro ficou em 30º lugar no ranking de desenvolvimento do Brasil e 24º no Estado de São Paulo, segundo o Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM).

APCD de Bebedouro: Endereço e dados para Contato

Endereço: Rua Vanor Junqueira Franco, 707 – Jd. Paraíso – Bebedouro / SP – CEP 14701-320
Telefone: (17) 3343-5493
Macrorregião: 5

Otavio de Oliveira Junior Presidente
Vander Wagner Thomé 1ª Vice-Presidente
Vivien Helena Sampaio 2ª Vice-Presidente
Akiyochi Marcos Umeda Secretário-geral
Rubens Nascimento Bueno Tesoureiro-geral

APCD de Bebedouro: Sobre a APCD

APCD – Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas, nasceu em 1º de abril de 1911 devido a necessidade de regulamentação da profissão do Cirurgiaõ-Dentista. Nesse período de luta para a regulamentação da profissão junto ao Congresso Estadual a entidade teve dois endereços no centro da cidade de São Paulo, um na Barão de Itapetininga e outro na rua São Bento.

Em 1940 a APCD criou o Conselho de Defesa da Classe, que estabeleceu um código de ética com o intuito de orientar os associados.

Desde sua fundação a APCD teve muitas conquistas e realizações, como participação efetiva na criação do Conselho Federal de Odontologia, a Escola de Aperfeiçoamento Profissional (EAP), o 1º Pronto-Socorro Odontológico gratuito para a população paulistana e a criação do Congresso Paulista de Odontologia. Porem em 2002, em especial, concretizou seu grande sonho após quase 15 anos de trabalho árduo, em fim é inaugurada a Nova Sede da Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas, o Edifício Prof. Dr. Raphael Baldacci Filho, com a presença do então presidente da República, Fernando Henrique Cardoso.

Como associar-se a APCD

Para associar-se à APCD e ter acesso a todos os benefícios é só acessar o site da APCD e preencher o formulário e anexar os documentos solicitados para que seja realizada análise na regional.

Além de preencher o formulário é necessário efetuar o pagamento da Taxa de Ingresso que varia de acordo com a sua categoria, o pagamento dessa taxa é realizado através de deposito bancário ou envio de cheque nominal à APCD em carta registrada A/C da Secretaria Social.

Mensalidades APCD

A. Taxas de Ingresso
Sócio Efetivo (mais de três anos de formado) R$ 62,20
Sócio Recém-Formado (até três anos de formado) R$ 37,05
Sócio Acadêmico (estudante) Isento
Sócio Estrangeiro (anuidade) U$ 200,00
Sócio Dependente Isento
Sócio TSB – Técnico em Saúde Bucal (anuidade) R$ 82,00
Sócio ASB – Auxiliar de Saúde Bucal (anuidade) R$ 42,00
Sócio TPD – Têcnico em prótese dentária (anuidade) R$ 258,00
B. Taxas de Reingresso com Desligamento por Demissão Concedida = Taxa de ingresso (A)
C. Taxas de Reingresso com Desligamento por falta de pagamento – Ressarcimento de 4 mensalidades (sem SRC) mais a taxa do mês corrente
Sócio Efetivo R$ 201,20 + 62,20 = R$ 263,40
Sócio Recém-Formado R$ 100,60 + 37,05 = R$ 137,65

Planos de Saúde para Dentistas APCD

Você sabia que você Dentista associado a APCD pode ter um plano de saúde até 40% mais em conta que os planos individuais convencionais? A APCD negociou com as principais operadoras de planos de saúde um plano de saúde coletivo por adesão exclusivo para o Cirurgião-Dentista. Confira abaixo as Operadoras disponíveis:

Outros Benefícios de associar-se a APCD

Agora que você já sabe como funciona a APCD, conheça alguns dos benefícios de associar-se a APCD:

  • APCD Prev – Plano de Previdência
  • Auxilio Funeral
  • Auxílio para os profissionais quanto à empregabilidade
  • Bilheteria.com
  • CIOSP – Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo
  • Clube de Benefícios
  • Eventos científicos e congressos
  • Seguro de Perda de Renda
  • Turismo
  • Planos de Saúde com valores exclusivos
Plano de Saúde Unimed CNU APCD para Dentistas

Plano de Saúde Unimed CNU APCD para Dentistas

Plano de Saúde Unimed CNU APCD para Dentistas inscritos na APCD é em média até 40% mais em conta que um plano de saúde individual/familiar.

Fruto de uma parceria entre a Unimed CNU e a APCD Dentistas o Plano de Saúde APCD é um plano coletivo por adesão, por esse motivo seus valores são mais acessíveis.

È um Plano de Saúde pioneiro no mercado pois ele garante ao segurado um atendimento em todas as unidades da Unimed no Brasil. A reputação econômica da CNU vem se consolidando há muitos anos. Desde que estreou no anuário Exame “Melhores & Maiores”, em 2004, já galgou 588 posições. É a 122ª maior companhia no país.

Atenção: Se você é Advogado e ainda possui CNPJ seu desconto pode chegar até 40%

Sobre a Unimed CNU

CNU – Central Nacional Unimed é a operadora nacional dos planos de saúde Unimed. Comercializa assistência médica empresarial com abrangência nacional, benefícios especiais e atendimento diferenciado. Nasceu com a regulamentação dos planos de saúde em 1998.

A Unimed CNU recebeu o Prêmio Marca Brasil 2016 em duas categorias: Melhor Plano de Saúde, na categoria Setor de Segurança e Saúde no Trabalho; e o prêmio especial Top Max Marca Brasil, entregue para as empresas que se mantiveram na liderança por, no mínimo, oito anos.

Faça sua Cotação Agora. Clique Aqui.

Números da Unimed CNU

Os números não mentem e mostram que você pode contar com a Unimed CNU, confira:

  • 348 Cooperativas
  • 114 mil médicos cooperados
  • 18 Milhões de Beneficiários
  • 2.719 hospitais credenciados
  • 113 hospitais próprios

Plano de Saúde Unimed CNU APCD: Quem pode aderir

Podem aderir ao Plano de Saúde Unimed CNU APCD os Dentistas devidamente inscritos na APCD. Também poderão ser incluídos como dependentes seus:

  • Cônjuges
  • Companheiro(a)
  • Filhos(as), adotivos ou não e enteados
  • O menor que, por determinação judicial se encontre sob a guarda e responsabilidade do beneficiário titular ou sob sua tutela
  • Filhos de qualquer idade comprovadamente incapazes

Faça sua Cotação Agora. Clique Aqui.

Rede Credenciada

BRONZE REGIONAL [ENFERMARIA], BRONZE REGIONAL [APARTAMENTO]

CENTRO

Hospitais

A C Camargo …(H)

H Bandeirantes …(H,PS)

H Igesp …(H,PS)

H Sta Isabel …(H,PS)

ZONA LESTE

Hospitais

Cema H Espec …(H,PS)

H 8 de Maio …(H,PS)

H Aviccena …(H,PS)

H Central de Guaianazes …(H,M,PS)

H Paranagua  – H Vital …(H,PS)

H Sta Marcelina …(H,PS)

H Villa Lobos …(H,PS)

IBCC Mooca …(H,PS)

ZONA NORTE

Hospitais

H Nipo Brasileiro …(H,M,PS)

H Presidente …(H,PS)

H S Camilo – Santana …(H,PS)

H San Paolo …(H,M,PS)

ZONA OESTE

Hospitais

Casa de Saude N S de Fatima – Pirituba …(H,PS)

H Albert Sabin – Lapa …(H,PS)

H Metropolitano – Lapa …(H,M,PS)

H Metropolitano – Unid Butanta …(H,PS)

H Portinari …(H,PS)

ZONA SUL

Hospitais

AACD …(H)

Graacc …(H)

H da Crianca – Jabaquara …(H,PS)

H da Luz – Unid Santo Amaro …(H,M,PS)

H Dom Alvarenga …(H,PS)

H Leforte …(H,PS)

H Rim e Hipertensao …(H,PS)

H Rubem Berta …(H,PS)

H S Camilo – Ipiranga …(H,PS)

H Sao Paulo – SP …(H,PS)

H Sepaco …(H,M,PS)

H Serra Mayor …(H,PS)

H Sta Cruz …(H,PS)

H Sta Paula …(H,PS)

H Sta Rita …(H,PS)

H Vida´S …(H,M,PS)

GRANDE SP – LESTE

Hospitais

Clinica Saint Nicholas – Suzano …(PS)

H Ama  – Ipiranga de Aruja – Aruja …(H,M,PS)

H de Clinicas – Caieiras …(H,M,PS)

H Ipiranga – Mogi das Cruzes …(H,PS)

H Mat Nova Vida – Itapevi …(H,PS)

H Mogi D´OR …(H,M,PS)

H N S de Fatima – Osasco …(H,PS)

H Sao Francisco – Cotia …(H,PS)

Sta Casa de Guararema …(H,PS)

INTERIOR

Hospitais

H Novo Atibaia …(H,M,PS)

LABORATÓRIOS

A+ Med, CDB, Crya, Ghelfond, Mello, Schmillevitch, Ultralab, Luiz Scoppeta, Presecor, Ferdinando Costa, Omni, UCD

UNIPLAN BRONZE [ENFERMRIA] + REDE DO PLANO ANTERIOR

ZONA OESTE

Hospitais

Casa de Saude N S de Fatima – Pirituba …(H,PS)

GRANDE SP – LESTE

Hospitais

Ceam – Francisco Morato …(H,M,PS)

UNIPLAN BRONZE [APARTAMENTO] + REDE DO PLANO ANTERIOR

CENTRO

Hospitais

H Paulistano …(H,PS)

Pro Matre Paulista …(H,M,PS)

ZONA LESTE

Hospitais

H Vitoria – Analia Franco …(H,M,PS)

ZONA OESTE

Hospitais

H S Camilo – Pompeia …(H,PS)

ZONA SUL

Hospitais

H Alvorada Moema …(H,PS)

H Sta Joana – SP …(H,M,PS)

UNIPLAN PRATA + REDE DO PLANO ANTERIOR

CENTRO

Hospitais

H Infantil Sabara …(H,PS)

H Nove de Julho …(H,PS)

H Samaritano – SP …(H,M,PS)

H Sta Catarina – SP …(H,PS)

ZONA LESTE

Hospitais

H Sao Luiz – Analia Franco …(H,M,PS)

ZONA OESTE

Hospitais

H Sao Luiz – Morumbi …(H,PS)

ZONA SUL

Hospitais

H Sao Luiz – Itaim …(H,M,PS)

H Sao Luiz – Unid Jabaquara …(H,PS)

UNIPLAN OURO + REDE DO PLANO ANTERIOR

CENTRO

Hospitais

H Sirio Libanes – SP …(H)

ZONA SUL

Hospitais

H Oswaldo Cruz …(H)

LEGENDA DE ATENDIMENTOS

H: Internação Hospitalar M: Maternidade PS: Pronto Socorro Amb: Ambulatório EL: Exames Laboratoriais HD: Hospital Dia H Car: Hospital Cardiologia

Plano de Saúde só com um corretor

É muito importante que você procure um corretor ou uma corretora de planos de saúde. Isso porque um profissional treinado poderá lhe oferecer a melhor opção dentro das suas necessidades.

Um corretor tem conhecimento geral de leis, regras, redes credenciadas e das operadoras. No final de uma cotação esse conhecimento permite ao corretor oferecer um plano de saúde com melhor custo x benefícios.



Faça uma Cotação sem Compromisso


 

Inca alerta sobre uso de dispositivos eletrônicos para fumar

O Instituto Nacional de Câncer (Inca) publicou um alerta sobre o uso de dispositivos eletrônicos para fumar (DEF), os famosos cigarros eletrônicos. Aparelhos que funcionam com uma bateria e têm diferentes formas e mecanismos e podem ter, por exemplo, o formato de cigarros, canetas e pen drives, e, em sua maioria contêm aditivos com sabores, substâncias tóxicas e nicotina, que é uma droga que causa dependência, adoecimento e morte.

De acordo com o Inca, os dispositivos eletrônicos também são responsáveis por vários acidentes por explosões das baterias que provocam queimaduras, perda de partes do corpo e até morte. O instituto alerta ainda que o líquido, contendo nicotina, pode provocar princípios de incêndio em residências e doença pulmonar severa, caso inalado, principalmente por crianças. Estudos científicos demonstram ainda que a chance de um jovem começar a fumar cigarros convencionais quadruplica com o uso dos dispositivos eletrônicos e que os níveis de toxicidade podem ser tão prejudiciais quanto os do cigarro tradicional, já que combinam substâncias tóxicas com outras que muitas vezes apenas mascaram os efeitos danosos.

Existem quatro tipos de cigarros eletrônicos:

Cigarros eletrônicos: a bateria aquece a solução líquida (e-liquids), com ou sem nicotina (em diferentes concentrações), e produzem um aerossol que o usuário inala. Outras substâncias psicoativas também têm sido utilizadas como o tetrahidrocanabinol (THC) e o canabidiol (componentes da maconha). A composição e a concentração de nicotina nos líquidos variam de acordo com o fabricante.

Cigarros aquecidos (também chamados de Heet ou HeatStick): a bateria aquece um pequeno cigarro, que produz um aerossol contendo nicotina e outros produtos químicos. Cada Heet apresenta aproximadamente a mesma quantidade de nicotina que um cigarro comum.

Vaporizadores de ervas secas: aquecem o tabaco picado ou outras ervas, produzindo um aerossol.

Produtos híbridos: possuem características de cigarros eletrônicos e de vaporizadores de ervas secas. Possuem dois reservatórios: um armazena ervas picadas e o outro, os líquidos.

Por conta disso, a Resolução Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de 2009 proibiu a comercialização, importação e propaganda de quaisquer dispositivos eletrônicos para fumar. O Inca reafirmou sua posição à manutenção da medida tomada pela Agência reguladora de saúde.

É importante saber que a importação, propaganda e a venda desses produtos, incluindo pela Internet, são proibidas pela Anvisa e o uso de DEFs em ambientes coletivos fechados também é proibido.

Confira o cartaz da campanha:

Novos benefícios para associados da APCD/ABCD

A partir deste mês, a Diretoria da APCD em parceria com as profissionais que atuam no Espaço Bem-Estar oferecerá gratuitamente aos associados da APCD/ABCD atendimento em grupo de fisioterapia e terapia.

Os associados poderão fazer exercícios específicos para tratamento de patologia da coluna (grupo de pilates e fisioterapia convencional), situação frequentemente vivenciada por Cirurgiões-Dentistas, e também prevenir futuros problemas, realizados por fisioterapeutas.

Como o corpo e mente precisam estar em equilíbrio, os associados da APCD/ABCD também contam com Terapia em Grupo, indicada para tratar ansiedade, depressão, crises no trabalho, conflitos familiares, problemas de relacionamento, estresse, luto, fobias, entre outros conflitos, e será conduzida por uma psicoterapeuta habilitada.

Os atendimentos são realizados 3 vezes por semana, conforme abaixo:

Segundas-feiras

14h – Fisioterapia

17h – Psicologia

Terças-feiras

9h – Fisioterapia

Quintas-feiras

18h30 – Psicologia

Sextas-feiras

18h – Fisioterapia.

 

Agende seu horário!

Fisioterapia – Mariana

dramarianafisio19@gmail.com

Cel. (11) 97554-1766

Tel. (11) 2223-2525

 

Psicologia – Andrea

andrea.psicologa@hotmail.com

Cel. (11) 98413-1352

Tel. (11) 2223-2317

 

Fonte: http://www.apcd.org.br/index.php/noticias/1453/em-foco/05-08-2019/novos-beneficios-para-associados-da-apcd-abcd

APCD celebra Dia do Cirurgião-Dentista com ação social na Avenida Paulista

APCD celebra Dia do Cirurgião-Dentista com ação social na Avenida Paulista

A APCD e a ABCD, em comemoração ao Dia do Cirurgião-Dentista (25 de outubro), e em parceria com o CROSP e com o ComSaude da FIESP, promoveram a 100ª ação da Campanha Sorria para a Vida, na Avenida Paulista, em frente ao prédio da FIESP. Profissionais voluntários da APCD deram orientações ao público sobre saúde bucal, alertaram sobre a prevenção de câncer de bucal e a importância de fazer o autoexame, e prestaram atendimento nas unidades móveis da APCD totalmente equipadas.

Os casos com lesões suspeitas de câncer foram encaminhados para a Faculdade de Odontologia da APCD (FAOA), para exames aprofundados, biópsia e encaminhamento a hospitais apoiadores para tratamento, se necessário.

Na oportunidade, kits de higiene bucal oferecidos pela Colgate, contendo escovas e creme dental, foram entregues para adultos e crianças que participaram da ação. Cerca de 350 pessoas foram atendidas durante a ação, que teve cobertura jornalística em diversos veículos da imprensa e da TV.

O presidente da APCD, Wilson Chediek, ressalta que essa campanha já faz parte do calendário de ações sociais da Odontologia e é, sobretudo, um compromisso. “Agradeço ao presidente da ABCD, meu amigo Silvio Cecchetto, que está à frente desse trabalho, coordenando a campanha, e ao presidente do CROSP, Marcos Capez que também participou ativamente da iniciativa”.

Chediek ainda ressalta que “nada é mais significativo do que celebrar o Dia do Cirurgião-Dentista atendendo à população e promovendo a saúde bucal, a fim de melhorar a qualidade de vida de cada indivíduo. Agradecemos também aos voluntários que doaram seu tempo e conhecimento nessa missão solidária: Airton Gottardo,  Cintia Rachas Ribeiro, Fabiana Quaglio, Fernando Versignassi, José Luiz de Oliveira, José Miguel Tomazevic, Maria Angélica Gonzalez Gomes, Paulo Landucci, Rodrigo de Moraes, Vinicius Mechelin Silva e Ziró Yanagimori”

Fonte: http://www.apcd.org.br/index.php/noticias/1483/em-foco/08-11-2019/apcd-celebra-dia-do-cirurgiao-dentista-com-acao-social-na-avenida-paulista-

Preço do Plano de Saúde APCD para Dentistas

Preço do Plano de Saúde APCD para Dentistas

Os Dentistas associados a APCD possuem diversos benefícios, além de Planos de Saúde com valores mais baratos. O Preço do Plano de Saúde APCD para Dentistas é diferenciado, pois a APCD em acordo com as operadoras de Planos de Saúde desenvolveu um Plano de Saúde Coletivo por Adesão 40% mais barato que os Planos de Saúde convencionais.

Os Dentistas associados a APCD podem incluir seus dependentes no Plano de Saúde APCD para que seu familiares usufruem de um Plano de Saúde de qualidade com os melhores preços do mercado. Os dependes permitidos são:

  • Cônjuges;
  • Companheiro(a);
  • Filhos(as), adotivos ou não e enteados;
  • O menor que, por determinação judicial se encontre sob a guarda e responsabilidade do beneficiário titular ou sob sua tutela;
  • Filhos de qualquer idade comprovadamente incapazes.

Sobre a APCD

APCD – Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas, é uma entidade de classe, sem fins lucrativos. Possui mais de 40 mil associados e 89 Regionais em todo o Estado de São Paulo. Hoje com 105 anos de idade ocupa lugar de destaque no cenário da Odontologia mundial.

Uma das principais preocupações da APCD é o aperfeiçoamento profissional e cientifico. Para isso criou e mantem há mais de 50 anos o um dos maiores congressos do mujndo, o Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo – CIOSP.

Entenda o que é um Plano Coletivo por Adesão

Existem duas formas básicas de contratar um Plano de Saúde, os Planos de Saúde Individuais/Familiares e os Planos de Saúde Coletivos. Os Planos de Saúde Coletivos por sua vez, possuem dois subtipos de contratos o Plano de Saúde Empresarial e o Plano de Saúde Coletivo por Adesão.

O Plano de Saúde Coletivo por Adesão é comercializado exclusivamente para pessoas jurídicas de caráter profissional, classista ou setorial, como conselhos, sindicatos e associações profissionais. Um exemplo de entidade de classe seria a APCD – Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas

Preço do Plano de Saúde APCD para Dentistas

O preço do Plano de Saúde APCD para Dentistas é mais barato. Você que é dentista associado a APCD pode usufruir de diversos benefícios, além de um plano de saúde de qualidade.

A APCD em parceria com operadoras de planos de saúde disponibiliza um plano de saúde coletivo por adesão com valores até 40% mais em conta que um plano de saúde convencional.  As operadoras disponíveis são:

  1. Amil
  2. SulAmérica Saúde
  3. Bradesco Saúde
  4. Notredame Intermédica
  5. Unimed
  6. One Health

Plano de Saúde, só com Corretor de Seguros!

Um corretor é um profissional treinado com conhecimento sobre leis, as operadoras e seus planos. Dessa forma um Corretor de Plano de Saúde poderá lhe ajudar a escolher o melhor plano de saúde considerando sempre o custo x benefício. Nós da Seguro Saúde Online, temos experiência de 10 anos de mercado em comercialização de planos de saúde. Entre em contat conosco, estamos prontos para te atender.


Faça uma Cotação sem Compromisso


Os 6 Melhores Planos de Saúde para Dentistas

Os 6 Melhores Planos de Saúde para Dentistas

Para facilitar a escolha do plano de saúde criamos uma lista com os 6 melhores planos de saúde para dentistas. São planos de saúde coletivos por adesão negociados com a APCD com valores até 40% mais barato que os planos convencionais.

Conheça um pouco da APCD

APCD – Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas, é uma entidade de classe, sem fins lucrativos. Possui mais de 40 mil associados e 89 Regionais em todo o Estado de São Paulo. Hoje com 105 anos de idade ocupa lugar de destaque no cenário da Odontologia mundial.

Os Dentistas associados a APCD podem incluir seus dependentes no Plano de Saúde APCD para que seu familiares usufruem de um Plano de Saúde de qualidade com os melhores preços do mercado. Os dependes permitidos são:

  • Cônjuges;
  • Companheiro(a);
  • Filhos(as), adotivos ou não e enteados;
  • O menor que, por determinação judicial se encontre sob a guarda e responsabilidade do beneficiário titular ou sob sua tutela;
  • Filhos de qualquer idade comprovadamente incapazes.

Os 6 Melhores Planos de Saúde para Dentistas: Amil APCD

A Amil está no mercado de planos de saúde desde 1976 e possui uma estrutura com 8 filiais em todo o Brasil. Essas filiais são localizadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Campinas, Belo Horizonte, Brasília, Recife e Fortaleza.

Números da Amil

Com filiais administrativas espalhadas por todo o Brasil a Amil se consolidou no mercado como uma das melhores operadoras de planos de saúde, e isso pode ser comprovado com seus números, são:

  • 1.818 Hospitais
  • 6.728 Laboratórios credenciados
  • 21.241 Consultórios e clínicas credenciadas
  • 371.808 Empresas Clientes
  • 522.399 Internações por ano
  • 6,1 Milhões de clientes
  • 24.309.983 Consultas por ano*
  • 68.759.253 Exames por ano*

*período de abril/2016 e março/2017

Avaliação do Plano de Saúde Amil APCD na ANS

A ANS (Agencia Nacional de Saúde) é o órgão regulador de todas as operadoras de planos de saúde. A Amil está registrada sobre o número de registro 32630-5. Com esse número você pode entrar no site da ANS e verificar todas as informações da operadora.

As notas de desempenho da ANS variam de 0 à 1 e levam em consideração os seguintes critérios de avaliação:

  • IDGA – Garantia de Acesso 
  • IDGR – Gestão de Processos e Regulação 
  • IDQS – Qualidade em Atenção à Saúde 
  • IDSM – Sustentabilidade no Mercado

Com todos esses critérios analisados a Nota Geral do Plano de Saúde Amil é: 0.8898

O Plano de Saúde da Amil, possuiu uma ótima avaliação perante a ANS. Você pode ver a avaliação completa no site da ANS clicando aqui. 

Os 6 Melhores Planos de Saúde para Dentistas: Bradesco APCD

A Bradesco Seguros é líder de mercado no Brasil e na América Latina. Os segurados contam uma moderna estrutura de atendimento, formada por centrais de atendimento telefônico, canais digitais e via internet, além de dependências próprias, corretores ativos e uma rede de Agências do Banco Bradesco.

Criada em 1984 a Bradesco Saúde possui planos de saúde e planos odontológicos com uma ampla rede referenciada. Atualmente, a Bradesco Saúde conta com cerca de 4 milhões de segurados, sendo que, destes, mais de 96% são beneficiários de planos coletivos.

O grande diferencial da Bradesco Saúde é que ele fornece um Seguro Saúde, isso significa que além do segurado contar com uma rede referenciada com milhares de consultórios, clínicas, laboratórios e hospitais ainda reembolsa as despesas com assistências médicas e hospitalares, realizadas por prestadores de livre escolha do segurado.

Diferenciais do Bradesco APCD

  • Rede Referenciada com milhares de consultórios, clínicas, laboratórios e hospitais
  • Livre escolha de Prestadores
  • Programa Meu Doutor
  • Desconto Farmácia
  • Segunda Opinião Médica

Avaliação do Plano de Saúde Bradesco na ANS

A ANS (Agencia Nacional de Saúde) é o órgão regulador de todas as operadoras de planos de saúde. A Bradesco Saúde está registrada sobre o número 005711. Com esse número você pode entrar no site da ANS e verificar todas as informações da operadora.

As notas de desempenho da ANS variam de 0 à 1 e levam em consideração os seguintes critérios de avaliação:

  • IDGA – Garantia de Acesso
  • IDGR – Gestão de Processos e Regulação
  • IDQS – Qualidade em Atenção à Saúde
  • IDSM – Sustentabilidade no Mercado

Com todos esses critérios analisados a Nota Geral do Plano de Saúde Bradesco é: 0,8820

O Plano de Saúde da Bradesco Saúde CAASP, possuiu uma ótima avaliação perante a ANS.

Os 6 Melhores Planos de Saúde para Dentistas: Notredame APCD

Fundada em 1968 o Grupo Notredame Intermédica (GNDI) é reconhecido como pelo pioneirismo em medicina preventiva e por oferecer as melhores soluções em saúde e odontologia. Atua sempre para promover um atendimento baseado no melhor acolhimento e na segurança dos nossos pacientes.

Possui grande destaque por oferecer serviços de qualidade nas Redes Própria e Credenciada de Centros Clínicos, Hospitais, prontos-socorros e maternidades, além de clínicas odontológicas.

Com mais de 50 anos no Brasil a Notredame alcançou números expressivos, são:

  • Mais de 3,4 milhões de beneficiários;
  • 70 Centros Clínicos;
  • 10 unidades de Medicina Preventiva;
  • 20 prontos-socorros;
  • 17 hospitais.

Avaliação do Plano de Saúde Notredame Intermédica na ANS

A ANS (Agencia Nacional de Saúde) é o órgão regulador de todas as operadoras de planos de saúde.

A Notredame Intermédica está registrada sobre o número de registro 359017. Com esse número você pode entrar no site da ANS e verificar todas as informações da operadora.

As notas de desempenho da ANS variam de 0 à 1 e levam em consideração os seguintes critérios de avaliação:

  • IDGA – Garantia de Acesso
  • IDGR – Gestão de Processos e Regulação
  • IDQS – Qualidade em Atenção à Saúde
  • IDSM – Sustentabilidade no Mercado

Com todos esses critérios analisados a Nota Geral do Plano de Saúde Notredame Intermédica é: 0.7581

Os 6 Melhores Planos de Saúde para Dentistas: One Health APCD

Com uma proposta diferenciada e inovadora o Grupo Amil com toda sua experiencia criou a One Health, mais uma operadora para integrar o grupo. Trazendo conveniência, agilidade e exclusividade a One Health se tornou referência no segmento premium.

Se destacando no mercado premium não demorou muito para  a One Health atingir a marca de 85 mil clientes se tornando líder de mercado.Alguns serviços exclusivos da One Health contribuíram para esse sucesso, são eles:

  • Serviços de concierge;
  • Sala VIP no Hospital Albert Einstein;
  • Rápido reembolso;
  • E uma série de recursos digitais para facilitar a vida das pessoas.

Avaliação do Plano de Saúde One Health na ANS

A ANS (Agencia Nacional de Saúde) é o órgão regulador de todas as operadoras de planos de saúde.

A One Health está registrada sobre o número de registro 326305. Com esse número você pode entrar no site da ANS e verificar todas as informações da operadora.

As notas de desempenho da ANS variam de 0 à 1 e levam em consideração os seguintes critérios de avaliação:

  • IDGA – Garantia de Acesso
  • IDGR – Gestão de Processos e Regulação
  • IDQS – Qualidade em Atenção à Saúde
  • IDSM – Sustentabilidade no Mercado

Com todos esses critérios analisados a Nota Geral do Plano de Saúde One Health é: 0.8898

Os 6 Melhores Planos de Saúde para Dentistas: SulAmérica APCD

Criada em 5 de dezembro de 1985 com o nome de Sul América Companhia Nacional de Seguros de Vida é uma das mais antigas operadoras em atividade no Brasil. Com mais de 120 anos de atuação é o maior grupo segurador independente do Brasil.

Números da SulAmérica

  • Mais de 7 milhões de clientes;
  • 16 mil clínicas e consultórios;
  • 2.700 centros diagnósticos;
  • 1.400 hospitais

Apesar dos números impressionarem, o que mais importa é o criterioso processo de referenciamento que a SulAmérica impõe, garantindo assim excelência na qualidade.

Avaliação do Plano de Saúde SulAmérica na ANS

A ANS (Agencia Nacional de Saúde) é o órgão regulador de todas as operadoras de planos de saúde.

A SulAmérica está registrada sobre o número de registro 00624-6. Com esse número você pode entrar no site da ANS e verificar todas as informações da operadora.

As notas de desempenho da ANS variam de 0 à 1 e levam em consideração os seguintes critérios de avaliação:

  • IDGA – Garantia de Acesso
  • IDGR – Gestão de Processos e Regulação
  • IDQS – Qualidade em Atenção à Saúde
  • IDSM – Sustentabilidade no Mercado

Com todos esses critérios analisados a Nota Geral do Plano de Saúde SulAmérica é: 0.8118

Os 6 Melhores Planos de Saúde para Dentistas: Unimed APCD

A Unimed evoluiu muito com o passar do tempo e hoje se orgulha de cuidar das pessoas com leveza, proximidade e alegria. Incentiva a busca pelo bem-estar e acredita na prevenção como promoção da saúde. Investe na valorização dos médicos e pratica uma medicina humana, ampla e preventiva.

A Unimed Brasil recebeu o Prêmio Marca Brasil 2016 em duas categorias: Melhor Plano de Saúde, na categoria Setor de Segurança e Saúde no Trabalho; e o prêmio especial Top Max Marca Brasil, entregue para as empresas que se mantiveram na liderança por, no mínimo, oito anos.

Unimed APCD: Números da Unimed

Os números não mentem e mostram que você, pode contar com a Unimed, confira:

  • 348 Cooperativas
  • 114 mil médicos cooperados
  • 2.719 hospitais credenciados
  • 113 hospitais próprios

Plano de Saúde só com um corretor 

É muito importante que você procure um corretor ou uma corretora de planos de saúde. Isso porque um profissional treinado poderá lhe oferecer a melhor opção dentro das suas necessidades. 

Um corretor tem conhecimento geral de leis, regras, redes credenciadas e das operadoras. No final de uma cotação esse conhecimento permite ao corretor oferecer um plano de saúde com melhor custo x benefícios. 


Faça uma Cotação sem Compromisso


Qual a relação da diabetes com a saúde bucal?

Qual a relação da diabetes com a saúde bucal?

A diabetes, doença caracterizada pelo aumento da glicose no sangue, afeta mais de 8% da população brasileira, segundo a última pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde. Diante deste cenário, os profissionais da área estão cada vez mais alertas para identificar e tratar pessoas com o problema, incluindo o Cirurgião-Dentista.

De acordo com a literatura médica, pacientes com diabetes têm alto risco de desenvolver problemas bucais por conta do descontrole da glicemia e interferência na produção salivar. Desta forma estão mais suscetíveis a infecções.

A gengivite e a periodontite, estágio mais avançado da inflamação na gengiva, inclusive com perdas ósseas, são os problemas mais comuns entre os diabéticos. “As doenças periodontais podem alterar o nível glicêmico nesses pacientes, embora essas mudanças não sejam suscetíveis apenas a diabéticos”, acrescenta a Cirurgiã-Dentista e presidente da Câmara Técnica de Pacientes com Necessidades Especiais (CT PNE) do CROSP, Adriana Zink.

Distúrbios de cicatrização e alterações fisiológicas, que reduzem a capacidade imunológica, aumentando a probabilidade de infecções, também são observados em pacientes com diabetes.

Essa condição exige que diabéticos sejam tratados de forma interdisciplinar. Portanto, todos os profissionais da saúde envolvidos devem conversar para proporcionar melhor qualidade de vida possível.

Cuidados especiais antes do tratamento

Antes de realizar procedimentos odontológicos é recomendada a solicitação de alguns exames laboratoriais como glicemia, hemograma, hemoglobina glicada e o radiográfico. Eles é que indicarão se o diabético apresenta alguma descompensação. “Caso ele esteja descompensado, o profissional avaliará se há necessidade imediata do atendimento e também sobre o ambiente mais adequado para o tratamento, entre ambulatório ou hospital”, explica a presidente da CT de PNE.

Ao procurar pelo profissional da saúde bucal, o mais recomendado é recorrer ao Cirurgião-Dentista especialista em PNE, embora o clínico-geral também tenha em sua formação o preparo para o atendimento do paciente com diabetes.

Quando o paciente não sabe que tem diabetes…

O Cirurgião-Dentista pode ajudar a identificar um paciente diabético. Para tanto, o profissional deve cruzar os dados coletados na anamnese (entrevista) com os obtidos pela análise clínica, além de solicitar exames laboratoriais.

Durante a avaliação é importante que o profissional da odontologia leve em consideração alterações como hipoplasia (desenvolvimento defeituoso dos tecidos) e hipocalcificação do esmalte, diminuição do fluxo, aumento da acidez e da viscosidade salivar.

Outros incômodos relatados pelos pacientes como boca seca, sensação de ardência, presença de aftas, lesões, hálito cetônico, náuseas e vômitos também não devem ser ignorados na consulta. “Depois de tudo, a indicação para uma consulta ao endocrinologista será muito importante”, destaca a Cirurgiã-Dentista.

Para manter a saúde em dia

Para evitar a progressão e agressividade da doença periodontal, comum em diabéticos, a recomendação é redobrar os cuidados com a higiene utilizando a escova, pasta de dente e fio dental. As visitas preventivas ao Cirurgião-Dentista também auxiliarão no controle da saúde bucal e da possível descompensação do diabetes. “Todo paciente com comprometimento sistêmico, como o diabetes, deve ter uma rotina de visitas preventivas ao consultório odontológico para garantir a saúde integral”, alerta Adriana Zink.

Fonte: CROSP